O Mundo das Ideias Corporativas

Gestao, Marketing, Tecnologia, Web 2.0 e Redes Sociais

2010 o ano dos TABLETS

Até que surja algo realmente fora dos padrões até o fim do ano, o produto que deixará 2010 marcado na memória dos apaixonados por tecnologia será o tablet. Esse mais novo gadget que se acrescenta às mochilas dos geeks de plantão chega para disputar espaço com: laptops, celulares, smartphones, players de MP3, netbooks e a toda sorte de acessórios bluetooth que os geeks adoram exibir.

Tablet nada mais é do que a evolução super hi-tec da nossa boa e velha prancheta. Se antes era somente um pedaço de compensado – ou acrílico – com um clip bem grandão em uma extremidade para suportar papéis e permitir anotações sob uma superfície plana em qualquer lugar ou direção, hoje é um gadget que dispensa até mesmo a caneta.

Tudo começou no remoto ano de 1968 com as ideias de Alan Kay, um cientista da computação norte-americano. Seu projeto inicial era semelhante aos tablets que conhecemos, porém sua vontade era que fosse voltado para crianças. Com interface gráfica e programação orientada a objetos por conta das limitações tecnológicas da época, o produto não foi adiante. Porém sua idéia não fora esquecida.

Kindle 2, da Amazon

Em 19 e novembro de 2007 a Amazon, gigante online na venda de livros, lançou para o mundo o Kindle, um revolucionário leitor de e-books – os livros digitalizados. O sucesso fora tão estrondoso à época, que o leitor fora completamente vendido em cinco horas e meia. Permanecendo fora de estoque até abril do ano seguinte. As causas à que se propôs o Kindle eram mais do que nobres: eliminar o papel gasto com a impressão de livros e comercializar livros a preços de e-books (algo como dez vezes mais baratos que em versão impressa).

O Kindle em si já tinha um jeitão de tablet, mas suas funcionalidades eram poucas: leitor de livros, jornais e revistas e player de mídias digitais, somente. O gadget veio a ser substituído por seus sucessores, Kindle 2 e Kindle DX, com aumento do tempo de duração da bateria, internacionalização (antes só funcionava nos EUA) e tempo de refreshing de página e o acelerômetro, na versão DX, no qual as páginas mudavam do modo retrato para o landscape, bastando um giro de 90º no gadget.

Outros e-book readers também participaram do mercado, mas nenhum nunca fez tanto sucesso quanto o Kindle. A lista de concorrentes ao Kindle é grande, entre eles: eGriver IDEO – Condor Tech, Digital Reader – iRex Tech., Boox 60 – Onyx Int., PRS 900 – Sony, iPapyrus 6 – iPapyrus Inc., etc. Até mesmo a Barnes & Noble, famosa rede de livrarias americana, lançou seu reader o Nook.

Quando parecia que a Amazon navegava sozinha por este oceano azul, eis que a Apple de Steve Jobs anuncia, em 27 de janeiro de 2010, para o mundo seu Ipad. Depois do sucesso absolutamente inquestionável e estrondoso do Iphone, Steve Jobs punha o mundo novamente a seus pés.

Steve Jobs apresenta o Ipad

O novo tablet trazia consigo aquilo que o Kindle não fizera: a ausência de teclado, cores e interatividade. A tão inovadora tecnologia touch screen – sucesso absoluto do Iphone – fora utilizada novamente. Decretando de uma vez por todas que o touch screen será o ponto de partida para novos gadgets que venham a se aventurar no mercado.

A lista de funcionalidades do Ipad é extensatouch screen, acelerômetro, conexão wi-fi com a Internet 3G,player de mídias digitais, e-book reader, sensor de luminosidade, GPS, conexão bluetooth, armazenamento de dados (16, 32 e 64Gb) e entrada para cartões SIM (ufa!).

Ipad, da Apple

Sim é um produto para derrubar o mercado.

Em face do terremoto causado pelo Ipad, outros fabricantes também começaram a se mexer para conquistar sua fatia de mercado. Praticamente todas as empresas do setor de tecnologia anunciaram que lançariam seus tablets: HP, Google, Microsoft, Toshiba, Nokia, Dell, Fujitsu e Samsung.

Por enquanto, a maioria ainda é anúncio somente. De concreto mesmo, só o tablet da Toshiba virou realidade. Se bem que pelas fotos, ele parece mais um laptop com monitor rotativo, do que um tablet propriamente dito.

De todos que verifiquei fotos e informações, o mais interessante seria o Courier, da Microsoft. Sim, “seria”, no passado mesmo. Isso porque, ao que parece a Microsoft desistiu do projeto de concepção deste tipo de gadget. Talvez um erro, quem sabe. Um vídeo super interessante sobre o que seria um dos maiores concorrentes do Ipad está nesse blog.

Courier, da Microsoft

A Amazon, que não divulga a quantidade exata de Kindles vendida, afirma que o leitor de livro eletrônico já foi comprado por milhões de pessoas desde o seu lançamento há cerca de dois anos. O executivo-chefe da Amazon, Jeff Bezos, afirma que a cada dez livros físicos vendidos, ele vende seis títulos para o Kindle. Alguns analistas estimam que o Kindle já responde por 60% do mercado de e-reader, com o Sony Reader em um distante segundo lugar.

Segundo um dos blogs de Applemaníacos, ainda não há estimativas exatas sobre quantos Ipads já foram vendidos até o momento. Alguns se arriscam a dizer que quando do anúncio do gadget, foram feitas a encomenda de mais de 120mil unidades. Alguns analistas afirmam que esse número seja real, não traduz com boa precisão a quantidade vendida. Isto porque conta somente as unidades encomendadas pelo site da Apple, não contabilizando o total de vendas nas lojas físicas.

Há previsões que digam que até abril, é provável que a Apple já tenha vendido entre 1 e 2 milhões de unidades do produto. O certo mesmo é o seguinte: quando do anúncio do Ipad (em 27/01/2010) as ações da Apple estavam cotadas a Us$ 207,88; hoje, em 25/05/2010, estão cotadas em US$ 250,00. Ou seja, um aumento de 20% no valor das ações da empresa.

Por fim, a cada fatia de mercado que os tablets avançam, um outro produto vai perdendo espaço: os netbooks. Devido as multifuncionalidades dos tablets – e basicamente por já disporem da tecnologia de acesso à Internet – é bem provável que esses gadgets figurem como produtos substitutos ao netbooks. Parece que aquela uma das cinco forças de Porter salta-nos aos olhos, nessa singular batalha do mercado das empresas de tecnologia.

Anúncios

30/05/2010 - Posted by | Tecnologia | , , , , , , , ,

9 comentários »

  1. Como eu queria um ‘tabletinho’ desses para mim.
    Sério, muito legal as funcionalidades dos celulares novos que ‘têm como último objetivo telefonar’.
    Sério, aposto que muita gente que tem um cell desses nem telefona.
    hahahaha

    Comenta no meu blog ? 🙂 http://mateuscaniceiro.blogspot.com/

    Comentar por @MateusCaniceiro | 07/07/2010 | Responder

  2. A tecnologia avança muito rápido mesmo… Se bobeamos nossa gadget que consideramos de uma geração já fica ultrapassada. Olha que ainda nem tenho um netbook!
    Parabéns pelo post e pelo blog!
    Abraços!

    Comentar por Alquimistas.com | 05/06/2010 | Responder

  3. OI Daniiii…
    Eu acho um máximo essa novidades digitais,achei massa esse tal de Ipad rs. Mas ainda não tenho um,estou precisando me atualizar.Fico louca com as novidades quando vou às lojas ver o que tem de novo,meu namorado ja tinha me falado sobre o Ipad, mas quando eu vi de perto,fiquei apaixonada.
    preciso de um,preciso de um,preciso de um…………….
    kkkk…Dani, beijao, tem post novo la no blog.

    Comentar por Dri Andrade | 01/06/2010 | Responder

  4. Danny… Adorei o post. Quisera eu um tablet. Excelente assunto! Seria possível um post sobre como os jornalistas encaram o Marketing Digital? Conheço alguns que enxergam essa nova forma de comunicação como algo que tange apenas o orkut e o twitter – e diga-se de passagem postando bobagens alheias ou pessoais!

    Obrigada 🙂

    Comentar por gabrielafeitosa | 30/05/2010 | Responder

    • Seu pedido é uma ordem, Gabi!

      Aguarde novidades sobre o assunto que me pede.

      Estou em dívida com meu blog sobre a seção de Redes Sociais. Meu proximo post será sobre esse assunto, fica firmado o compromisso!

      Abraço

      Comentar por Danigalvao | 30/05/2010 | Responder

  5. E eu querendo comprar um note, agora fiquei em dúvida.
    Mas é incrível como certas coisas demoram, a tecnologia touch screen já existe há um bom tempo, só agora que através do movimento da Apple se tocaram de tal avanço.
    Futuramente vamos ter que migrar para o celular, nossas telas serão menores, mas nossa mente ou voz controlará todas nossas ações para interagir.

    Um abraço

    Comentar por Luciano Zamboni | 30/05/2010 | Responder

    • Luciano Zamboni,

      muito obrigado pela sua participação.

      Vc está coberto de razão quando prevê a miniaturarização dos aparelhos eletronicos. E é isso mesmo, com o desenvolvimento constante da nanotecnologia, a tendencia é essa mesma.

      Mas mesmo a nanotecnologia esbarra nalguns empecilhos. Vc já reparou que os processadores pararam num determinada velocidade? Por que não há um processador de 5Ghz, por exemplo? Parou em uma determinada velocidade, simplesmente pq o material fundia com a quantidade de informação a se processar. Foi daí então que surgiram os processadores de mais de um núcleo: os duo cores, os quad cores…

      Tudo isso pra dizer que: que dá pra miniaturizar dá, porém, há um limite.

      E quanto a comprar um note, cara, vá fundo! Compre o note! Ipad é pra quem já tem um note e outros tantos gadgets, hehehe

      Além do mais, os preços “brasileiros” do Ipad são um tanto proibitivos!

      Abraços

      Comentar por Danigalvao | 30/05/2010 | Responder

  6. Daniel ,
    Estou a paquerar o tablets. Ainda não sei se troco por meu netbooks.Gosto tanto dele 🙂

    Bacana seu post caiu feito luva, para mim.
    Obrigada !
    Eninha Campos

    Comentar por mariosonho10 | 30/05/2010 | Responder

    • Oi Eninha,

      á aquilo que falei no último parágrafo do artigo, os Tablets estão surgindo como produtos substitutos aos netbooks. É só questão de tempo para a (curta) era dos netbooks chegar ao fim.

      E por serem um produto tão inovador, é capaz de, ao pegarmos um pela primeira vez e “fuçarmos” em todas suas funcionalidades, imediatamente joguemos pela janela os netbooks, hehehe

      Agradeço sua visita e comentário, viu?

      Abraço!

      Comentar por Danigalvao | 30/05/2010 | Responder


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: